.

Cl

.

ar.

EU AMO 
SUZANPIRES!.

O UNIFORME DA CROÁCIA

07 NOV 2017
07 de Novembro de 2017

História dos uniformes: Croácia tem padrão único com uniforme xadrez

Modelo quadriculado remete a brasão de armas do país

Croácia na Eurocopa 1996 (Foto: Getty Images)  Quando a seleção da Croácia disputou seu primeiro torneio internacional, a Eurocopa de 1996, chamou a atenção não somente pelo bom futebol – o time ficou entre os oito melhores da competição -, mas também pelo uniforme inusitado. Enquanto os outros times desfilavam conjuntos lisos, listrados ou, no máximo, com um ou outro detalhe diferente, a Croácia ia a campo com uma camisa que estampava um chamativo desenho xadrez, em vermelho e branco. É um design único nas seleções de elite e até mesmo em clubes. O Boavista, de Portugal, é também uma exceção no uso do quadriculado como primeiro uniforme. Aqui no Brasil, a Portuguesa teve uma camisa xadrez nos anos 1990 e, na mesma década, o Santos utilizou calções quadriculados.Torcedor da Croácia na Copa do Mundo de 2006 (Foto: Getty Images)

O padrão enxadrezado é uma verdadeira paixão da população croata e um dos componentes mais fortes da identidade do país. Está presente no brasão de armas atual – elaborado em 1991, logo após a independência da Iugoslávia – e também figurou nos emblemas antecessores. Houve muita modificação nos brasões croatas, devido a circunstâncias políticas, mas o xadrez em vermelho e branco sempre permaneceu lá.

 A origem do xadrez – cujo nome no idioma local é šahovnica – é um tanto quanto controversa. Segundo algumas versões, é referente a duas etnias, apelidadas de Croácia Vermelha e Croácia Branca, que compõem a população do país. Outras relatam que o padrão deriva da própria formação do povo croata, que teria sido originado onde é o Irã e, em sua caminhada rumo à Europa, adotara o sistema de cores para identificação e direcionamento na trajetória. Uma terceira possibilidade, um tanto quanto romantizada, diz que o desenho é uma homenagem a uma vitória épica que o rei croata Stjepan Drzislav teve no xadrez contra um príncipe da região do Vêneto, hoje parte da Itália.

 Fritillaria Montana (Foto: wikicommons)  O desenho também remete à flor Fritillaria montana, que tem as pétalas quadriculadas e é comum naquela região da Europa.Suker veste segundo uniforme da Croácia na Copa do Mundo de 1998 (Foto: Getty Images)

De todo modo, o xadrez faz com que o uniforme da seleção da Croácia se diferencie das dos outros países não apenas pelo padrão raro mas também pela origem – enquanto a grande parte das seleções têm as cores de suas vestimentas inspiradas na bandeira nacional, a da Croácia vê no brasão de armas sua fonte.

O xadrez esteve presente em todas as aparições da Croácia em Copas do Mundo (entre 1998 e 2006). Quando a seleção obteve um inesperado terceiro lugar na Copa da França, o fez com uma camisa que trazia o quadriculado de modo diferenciado, com desenho que simulava uma bandeira desfraldada sobre o fundo branco.

 Os uniformes reservas também sempre deram um jeito para ter o xadrez encaixado – seja com uma discreta faixa sobre os ombros no modelo branco ou mesmo com o quadriculado “invadindo” o azul na altura do peito, como no modelo atual. Até mesmo o uniforme de goleiro, em muitas versões, é desenhado seguindo o símbolo oficial do país.

História dos uniformes: Croácia tem padrão único com uniforme xadrez

Modelo quadriculado remete a brasão de armas do país

Croácia na Eurocopa 1996 (Foto: Getty Images)  Quando a seleção da Croácia disputou seu primeiro torneio internacional, a Eurocopa de 1996, chamou a atenção não somente pelo bom futebol – o time ficou entre os oito melhores da competição -, mas também pelo uniforme inusitado. Enquanto os outros times desfilavam conjuntos lisos, listrados ou, no máximo, com um ou outro detalhe diferente, a Croácia ia a campo com uma camisa que estampava um chamativo desenho xadrez, em vermelho e branco. É um design único nas seleções de elite e até mesmo em clubes. O Boavista, de Portugal, é também uma exceção no uso do quadriculado como primeiro uniforme. Aqui no Brasil, a Portuguesa teve uma camisa xadrez nos anos 1990 e, na mesma década, o Santos utilizou calções quadriculados.Torcedor da Croácia na Copa do Mundo de 2006 (Foto: Getty Images)

O padrão enxadrezado é uma verdadeira paixão da população croata e um dos componentes mais fortes da identidade do país. Está presente no brasão de armas atual – elaborado em 1991, logo após a independência da Iugoslávia – e também figurou nos emblemas antecessores. Houve muita modificação nos brasões croatas, devido a circunstâncias políticas, mas o xadrez em vermelho e branco sempre permaneceu lá.

 A origem do xadrez – cujo nome no idioma local é šahovnica – é um tanto quanto controversa. Segundo algumas versões, é referente a duas etnias, apelidadas de Croácia Vermelha e Croácia Branca, que compõem a população do país. Outras relatam que o padrão deriva da própria formação do povo croata, que teria sido originado onde é o Irã e, em sua caminhada rumo à Europa, adotara o sistema de cores para identificação e direcionamento na trajetória. Uma terceira possibilidade, um tanto quanto romantizada, diz que o desenho é uma homenagem a uma vitória épica que o rei croata Stjepan Drzislav teve no xadrez contra um príncipe da região do Vêneto, hoje parte da Itália.

 Fritillaria Montana (Foto: wikicommons)  O desenho também remete à flor Fritillaria montana, que tem as pétalas quadriculadas e é comum naquela região da Europa.Suker veste segundo uniforme da Croácia na Copa do Mundo de 1998 (Foto: Getty Images)

De todo modo, o xadrez faz com que o uniforme da seleção da Croácia se diferencie das dos outros países não apenas pelo padrão raro mas também pela origem – enquanto a grande parte das seleções têm as cores de suas vestimentas inspiradas na bandeira nacional, a da Croácia vê no brasão de armas sua fonte.

O xadrez esteve presente em todas as aparições da Croácia em Copas do Mundo (entre 1998 e 2006). Quando a seleção obteve um inesperado terceiro lugar na Copa da França, o fez com uma camisa que trazia o quadriculado de modo diferenciado, com desenho que simulava uma bandeira desfraldada sobre o fundo branco.

 Os uniformes reservas também sempre deram um jeito para ter o xadrez encaixado – seja com uma discreta faixa sobre os ombros no modelo branco ou mesmo com o quadriculado “invadindo” o azul na altura do peito, como no modelo atual. Até mesmo o uniforme de goleiro, em muitas versões, é desenhado seguindo o símbolo oficial do país.

Voltar